sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Dilma abre vantagem sobre Marina no primeiro turno

Escócia vai permanecer fazendo parte do Reino Unido.

sim venceu e as bolsas européias reagem indo às compras.

Nos Estados Unidos, após romperem as suas máximas históricas no pregão de ontem, os futuros americanos operam em alta.

Por lá teremos a divulgação do Leading indicators às 11h.

Dólar forte pressiona o petróleo que opera em leve desvalorização, enquanto o minério de ferro fechou em queda de 1,6% na China, cotado a US$ 81,7 a tonelada, renovando a mínima em 5 anos.

No Brasil, pesquisa Datafolha mostrou crescimento da presidenta Dilma na corrida presidencial, com aumento de 36% para 37% das intenções de voto no primeiro turno, com queda de Marina Silva de 33% para 30%.

Em uma simulação de segundo turno, a vantagem da candidata do PSB, que já chegou a 10 pontos em agosto e bateu 4 pontos semana passada, agora é de apenas 2 pontos, 46% a 44%.

Chama a atenção a rejeição da candidata Marina, que ultrapassou Aécio e registrou 22%.

A disputa para a presidência da República está em aberto.

índice futuro reage com aversão nesse início de pregão.



Bons negócios!

Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário