sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Nova composição do IBOV, PIB, Datafolha e Ucrânia agitam o último pregão de agosto

Troca de ações para os fundos que operam Ibovespa passivo e ativo prometem agitar os negócios.

Nosso PIB caiu 0,6% em comparação com o 1° trimestre.

Expectativa pelas pesquisas Datafolha para a corrida presidencial trarão uma dose extra de volatilidade.

Na agenda do dia ainda teremos Chicago PMI e Michigan Sentiment nos EUA às 10h45.

Na Zona do Euro, um CPI em linha com a expectativas evitam uma queda das bolsas locais, uma vez que as tensões na Ucrânia aumentaram.

Ontem o IBOV deixou um padrão de candlesticks denominado harami de baixa, que sugere correção no curto prazo.

O primeiro sinal é sempre apontado pelos candles, portanto a ordem do dia é cautela e stop loss justo para os comprados e oportunidade para os que operam na venda.

Primeiro alvo da correção: 59.470.


Bons negócios!

Wagner Cateano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário