sexta-feira, 25 de abril de 2014

Ucrânia novamente no radar

Investidores estrangeiros atuaram na venda no pregão de ontem, diminuindo o saldo comprado de 75.268 para 72.715 contratos de índice futuro.

Resultados corporativos para hoje: Hypermarcas e Tractebel.

Alta do dólar e queda das ações refletem aversão ao risco por tensões na Ucrânia.

Rússia teve seu rating rebaixado e faz exercícios militares na região de fronteira.

Petrobras, Vale e Banco do Brasil pressionam o mercado doméstico.

Destaques para hoje: Michigan Sentiment subiu para 84,1 em abril nos EUA, previsão de 83, sinais de enfraquecimento do setor bancário chinês, que fez com que o SSECO fechasse em baixa de 1%.

Para o Ibovespa, podemos verificar no gráfico a seguir que nos 4 pregões dessa semana tivemos mínimas mais baixas sucessivamente.

Com o mercado trabalhando em patamares inferiores a 51.870, temos os vendedores no comando.

O mais provável serão mais alguns pregões de baixa, para testar um ponto decisivo para o curto prazo: 49.890, onde haverá decisão entre alta ou baixa para a nossa bolsa.


Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário