quinta-feira, 27 de março de 2014

A volatilidade está no ar

No pregão de ontem a maioria dos papéis sinalizou topo, com candles de reversão bastante claros.

Hoje abriu seguindo o caminho da venda.

Europa e Estados Unidos em baixa, com temores sobre a China, tensões na Ucrânia e FED.

Nem mesmo o PIB americano, que saiu às 9h30 foi capaz de animar os mercados.

No Brasil, entretanto, os negócios são um caso a parte.

Pesquisa CNI/Ibope que mostra aumento de reprovação do governo Dilma elevou as cotações.

Somente os desdobramentos do pregão de hoje poderão sinalizar de forma concreta os rumos da Bovespa.

O caminho mais natural seriam ordens de venda a patamares mais altos, com fechamento perto da estabilidade.

Abaixo segue o gráfico do Ibovespa, que ontem montou um candle chamado estrela cadente, com grande potencial de queda.

A mínima dos três últimos pregões foi na região de 48.000, portanto esse é o divisor de águas entre a força compradora (touros) e vendedora (ursos).


Bons Negócios!

Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário