quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Selic, Vale e China devem puxar o mercado hoje

Agenda vazia nos Estados Unidos por conta do Feriado de Ação de GraçasMercado fecha mais cedo por lá hoje e amanhã não funciona.

Aqui no Brasil os investidores precificam com euforia a nova alta da Selic - que impacta de maneiras diferentes cada setor da economia -, a adesão da Vale ao Refis e o lucro industrial chinês, que avançou 15,1% em relação a outubro de 2012.

O pregão de hoje dirá se serão ingredientes suficientes para montar fundo e subir no curto prazo, uma vez que a tendência de curtíssimo prazo é de baixa.

Com menos destaque vale citar o sentimento o índice de sentimento econômico na Zona do Euro, que subiu para 98,5 em novembro, de 97,7 em outubro.

Estrangeiros voltaram a atuar na venda no pregão de ontem, diminuindo a posição comprada para 12,876, de 13.249 no dia anterior.



O gráfico do WINZ13 mostra entrada de força compradora.

Se houver fechamento acima de 52.000 deverá subir no curto prazo e vale montar posição comprada, especialmente se fechar o GAP em intraday em 51.830 e subir depois.

Bons negócios.

Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário