terça-feira, 19 de novembro de 2013

Índice futuro testará resistência em outra véspera de feriado

Agenda do dia modesta na véspera do feriado da Consciência Negra.

Teremos custo da mão-de-obra nos Estados Unidos às 11h30.

Estrangeiros diminuíram o saldo comprado de 32.583 para 31.368,  boa parte da etapa final do pregão, o que deve trazer uma abertura em baixa no mercado doméstico.

Bolsas europeias e futuros americanos em baixa generalizada, após algumas delas marcarem máximas históricas na sessão de ontem, por causa do IED da China (Investimento Estrangeiro Direto) um pouco abaixo do esperado.

índice de expectativas econômicas na Alemanha medido pelo instituto ZEW, que é uma sinalização do sentimento do investidor para os próximos seis meses, subiu para 54,6 em novembro, de 52,8 em outubro. O Resultado foi o melhor desde outubro de 2009, mas ainda ficou abaixo da previsão dos economistas consultados pela Dow Jones, que esperavam 55,0. Já o índice de condições atuais  recuou para 28,7 em novembro, de 29,7 em outubro.

Esses indicadores alemães aceleraram a queda na Europa após a sua divulgação às 8h.

O gráfico do WINZ13 mostra dois GAPs abertos em 52.570 e 53.805.


A região da máxima de ontem é forte resistência, uma vez que foi topo intraday por diversas vezes nos meses outubro e novembro.

Como as médias ainda não estão cruzadas para compra e houve entrada vendedora na etapa final do pregão de ontem, um teste de 53.120 é muito provável para os próximos dias, quem sabe para hoje.

Bons negócios.

Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário