quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Agenda cheia hoje: COPOM, fluxo cambial e STF julga poupança


Estrangeiros deram seqüência à pressão de venda no pregão de ontem e fecharam o dia comprados em 13.249 contratos de índice futuro, ante 19.260 no pregão anterior.

Na agenda do dia teremos, às 12h30, o fluxo cambial no Brasil, que mede o movimento de entrada e saída de dólares do país e tem sido importante divisor de águas quando é divulgado, pela simples razão da participação cada vez maior dos investidores estrangeiros no mercado doméstico.

Nos Estados Unidos, agenda cheia:

  • 11h30 – Pedidos de Auxílio Desemprego
  • 11h30 – Pedidos e Entregas de Bens Duráveis
  • 12h45 – Chicago PMI, indicador mede o nível da atividade industrial na região
  • 12h55 – Confianças dos consumidores na economia americana, medido pela Universidade de Michigan
  • 13h00 – Leading Indicators, uma cesta de indicadores divulgada pela Conference Board
  • 13h30 – Estoques de Petróleo

Hoje o STF começa a julgar os planos econômicos Cruzado, Bresser, Verão, Collor 1 e Collor 2, para decidir se os poupadores têm direito a receber expurgos inflacionários decorrentes da mudança na correção das cadernetas de poupança em razão desses planos.

Europa e futuros americanos em alta, especialmente após o índice de confiança do consumidor GFK para dezembro subir para 7,4, previsão de 7,1, maior nível desde agosto de 2007.

Petrobras continuará no radar por razão do possível reajuste dos combustíveis e também Vale, diante da expectativa da adesão ou não, até sexta-feira, do parcelamento da dívida bilionária com a Receita Federal referente à tributação sobre lucros de coligadas na exterior.


O gráfico do WINZ13 mostra o míni-índice futuro trabalhando em uma região decisiva, que pode montar fundo ou acelerar a queda.

Temos uma fortíssima região de suporte formada pelos pontos 51.30051.36051.410, esse último por pouco não foi testado ontem, uma vez que a mínima foi 51.390.

A perda dessa região projeta 50.900 na primeira batida, onde o mercado decidirá o rumo para o curto prazo se esse patamar for testado.

Em contrapartida, se montar um candle de reversão sobre a região, poderemos ter inversão no curto prazo e teste de 53.120.

O dia de hoje será decisivo.

Bons negócios.

Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário