sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Ibovespa respeita suporte importante



Bom dia investidor!

IBOV renovou a mínima do dia anterior: para mostrar força, o benchmark precisa se sustentar acima de 72.385. >>> LEIA MAIS AO FINAL >>>

Clique para ampliar.

O petróleo avança na manhã desta sexta-feira, após uma semana negativa, impulsionado por novos sinais sobre os planos da Arábia Saudita para apoiar uma extensão do acordo liderado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para conter a oferta global. Além disso, o dólar mais fraco beneficia os contratos.

Às 9h45 (de Brasília), o petróleo WTI para janeiro subia 1,52%, a US$ 56,19 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex), e o Brent para janeiro tinha alta de 1,16%, a US$ 62,07 o barril, na ICE.

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, fez hoje uma avaliação otimista sobre a economia da zona do euro, mas indicou que a instituição não está com pressa de elevar taxas de juros.

Draghi, que falou durante conferência bancária em Frankfurt, afirmou que o crescimento econômico está se ampliando no bloco e cada vez mais se "auto-alimenta", à medida que o avanço nos níveis de emprego impulsiona o consumo privado e os investimentos. Ele ressaltou, no entanto, que o suporte do BCE ainda é necessário porque a inflação continua fraca.

"O emprego na zona do euro atingiu seu maior nível histórico", disse Draghi. "Mas "embora estejamos confiantes com a recuperação, ainda precisamos de uma abordagem de política monetária paciente e persistente", acrescentou.

No mês passado, o BCE anunciou uma cautelosa "recalibragem" de suas extensas medidas de estímulos, prorrogando seu programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês) por nove meses, até setembro do ano que vem, mas reduziu as compras de ativos pela metade, ao ritmo mensal de 30 bilhões de euros.

A taxa de desocupação no Estado de São Paulo recuou de 13,5% no segundo trimestre para 13,2% no terceiro trimestre deste ano, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados há pouco pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em igual período do ano anterior, a taxa de desemprego em São Paulo estava em 12,8%.

A taxa de desocupação no total do País no terceiro trimestre de 2017 foi de 12,4%, uma redução de 0,6 ponto porcentual em comparação com o segundo trimestre (13,0%) e uma alta também de 0,6 ponto porcentual em relação ao terceiro trimestre de 2016 (11,8%).

Na passagem do segundo para o terceiro trimestre, a população ocupada de São Paulo cresceu em 2,5% ou 529 mil pessoas. O setor de atividade que respondeu pela maior variação (6,4%) foi a atividade financeira, comunicação e imobiliárias, com 214 mil trabalhadores a mais.

Na passagem do segundo para o terceiro trimestre deste ano, houve queda na taxa de desemprego em 7 das 27 Unidades da Federação. Santa Catarina ficou com a menor taxa de desemprego no terceiro trimestre, com 6,7%. A maior taxa ficou com Pernambuco, com 17,9%. 

Analistas do mercado financeiro ouvidos pelo Ministério da Fazenda preveem que o governo fechará suas contas, este ano e em 2018, com rombo menor do que a meta fiscal estabelecida, que é de um déficit de R$ 159 bilhões. De acordo com o boletim Prisma Fiscal de novembro, divulgado pela Secretaria de Política Econômica (SPE), a mediana das previsões passou de um déficit de R$ 158,430 bilhões para R$ 157,413 bilhões, também negativo.

Já para 2018, a projeção de mercado de déficit de R$ 156,406 bilhões deixa uma certa folga para a meta, que também é de déficit de R$ 159 bilhões. No boletim de outubro, as previsões indicavam o saldo negativo de R$ 155,613 bilhões para o próximo ano.

O minério de ferro fechou em alta de 1,98% na bolsa chinesa de Dalian, cotado a 462,5 iuanes.


O gráfico diário do Ibovespa mostra a formação de um padrão de candlesticks denominado pinça de fundo, quando duas mínimas estão justapostas.

Podemos interpretar que a retração de Fibonacci atuou como suporte.

Para mostrar força, o benchmark precisa se sustentar acima de 72.385.

Se romper 72.900, região de forte e múltiplas resistências recentes, terá desafio logo acima em 73.125, divisor de águas entre a compra e a venda no curto prazo. Clique no gráfico para ampliar.


Bons negócios!

Wagner Caetano, para o Cartezyan

Diretor da TopTraders
contato@TopTraders.Com.BR

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Ibovespa em ponto chave


Bom dia investidor!

A maioria das bolsas da Ásia e do Pacífico fechou em alta nesta quinta-feira, ignorando o fraco desempenho de ontem dos mercados acionários de Nova York. O destaque foi Tóquio, que exibiu alta significativa, interrompendo uma sequência de seis pregões consecutivos de perdas.

Na capital japonesa, o Nikkei avançou 1,47%, a 22.351,12 pontos, impulsionado por blue chips como Nintendo (+3,95%), Fast Retailing (+2,21%) e SoftBank (também +2,21%). Em Seul, o sul-coreano Kospi subiu 0,66%, a 2.534,79 pontos, com ajuda de seu principal componente, a Samsung Electronics (+0,87%).

Os investimentos diretos da China no exterior caíram 40,9% entre janeiro e outubro ante igual período do ano passado, a US$ 86,31 bilhões, segundo dados publicados hoje pelo Ministério de Comércio do país. A queda veio após Pequim tomar medidas para restringir o que classificou de "investimentos irracionais".

Como parte de esforços para conter saídas de capital, o Conselho Estatal da China decidiu limitar investimentos externos nos setores imobiliário, hoteleiro, esportivo e de entretenimento. 

Depois de um dia de baixas generalizadas, puxadas pela queda dos preços das commodities, investidores começaram o dia dispostos a registrar ganhos nos mercados acionários.

As bolsas europeias operam em alta nesta manhã e o índice pan-europeu Stoxx-600 subia 0,52%, a 383,94 pontos, às 9h14 (de Brasília). Em dia de votação da reforma tributária na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, as moedas do continente são comercializadas de lado ante o dólar, com o euro seguindo uma leve tendência de elevação e a libra esterlina, de baixa. Está previsto um encontro do presidente Donald Trump com congressistas no Capitólio pela manhã, antes do início da votação.

O comportamento dos contratos futuros de petróleo ilustra bem a situação. Após atingirem os menores níveis em duas semanas ontem por causa de um aumento dos estoques nos Estados Unidos e da previsão de menor demanda em 2017 e 2018 feita pela Agência Internacional de Energia (AIE), as negociações da commodity estão de lado tanto na Nymex quanto na ICE. 

O petróleo opera de lado em Londres em Nova York, a US$ 61,70 e US$ 55,21 por barril, respectivamente.

O minério de ferro subiu 1,22% na China, fechando cotado a 458 iuanes.

O Ibovespa se aproximou do fundo de agosto e fechou abaixo da retração de 61,8% de Fibonacci.

Pela valorização das ADR's na véspera e índice futuro em alta no início dos negócios, deverá abrir subindo.

O desafio será manter-se em alta e assim fechar na etapa final.

Como está consideravelmente distante da média móvel de 21 períodos, poderemos vivenciar um repique nos próximos dias. Clique no gráfico para ampliar.



Bons negócios!

Wagner Caetano, para o Cartezyan

Diretor da TopTraders
contato@TopTraders.Com.BR

terça-feira, 14 de novembro de 2017

China, balanços e Reforma Ministerial em pauta


Bom dia investidor!

Os investimentos em ativos fixos urbanos da China subiram 7,3% no período de janeiro a outubro ante o mesmo período do ano passado, de acordo com dados divulgados há pouco pelo Escritório Nacional de Estatísticas do país.

O dado, que mede a atividade de construção, desacelerou na comparação com um ganho de 7,5% observado no período de janeiro a setembro.

A leitura veio em linha com a estimativa média de economistas do mercado. 

A produção industrial da China avançou 6,2% em outubro ante o mesmo período do ano passado, de acordo com dados divulgados há pouco pelo Escritório Nacional de Estatísticas do país.

Na comparação mensal, o dado avançou 0,5% em outubro ante setembro, quando se registrou um ganho de 0,56%.

As vendas no varejo da China avançaram 10% em outubro na comparação com o mesmo mês do ano passado, de acordo com dados divulgados hoje pelo Escritório Nacional de Estatísticas do país.

O número representa uma aceleração ante a leitura de setembro, quando as vendas no varejo subiram 10,3%.

Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha teve crescimento de 0,8% no terceiro trimestre ante o anterior, de acordo com dados oficiais divulgados nesta terça-feira, na primeira leitura do indicador. O resultado superou a expectativa de alta de 0,6% dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal. Na comparação anual, a economia alemã avançou 2,8%, também acima da previsão de alta de 2,3% dos analistas.

A Petrobras reportou lucro líquido de R$ 266 milhões no terceiro trimestre deste ano, revertendo prejuízo de R$ 16,458 bilhões no mesmo período de 2016 e ante ganho de R$ 316 milhões nos três meses imediatamente anteriores, conforme os números atribuíveis aos acionistas.

A JBS reportou há pouco lucro líquido de R$ 323 milhões no terceiro trimestre de 2017, resultado 63,6% inferior à igual período do ano passado, em que o resultado totalizou R$ 887,1 milhões. Excluindo o efeito da adesão ao Programa Especial de Regularização Tributária (PERT), no que diz respeito a débitos de INSS, PIS, Cofins e IR/CSLL inscritos ou não na dívida ativa da União, a empresa reportou lucro líquido de R$ 1,9 bilhão. Ou seja, o impacto nos resultados do trimestre totalizou R$ 2,254 bilhões, sendo R$ 1,76 bilhão registrados como despesas administrativas e R$ 927 milhões como resultado financeiro, e inclui um ganho de R$ 436 milhões de imposto de renda diferido.

O minério de ferro subiu 0,87% na bolsa de Dalina, na China, enquanto o petróleo opera em baixa de 0,41%, a US$ 56,53 por barril, na Nymex e o Brent recua 0,32%, a US$ 62,96 por barril, na ICE.


Clique para ampliar

O Ibovespa apresentou recuperação na reta final do pregão de ontem.

Deixou um candle interessante, que poderá ser lido como um harami de fundo ou então como um simples sinal de equilíbrio sobre um suporte importante: 72.385.

Enquanto acima desse patamar, poderá reagir e subir nessa sessão.

A primeira e decisiva barreira será a região formada pela média móvel de 5 períodos e fundo anterior: 73.125.

Um sessão de alta moderada é o caminho mais provável e natural para hoje, na minha visão pessoal.


Bons negócios!

Wagner Caetano, para o Cartezyan

Diretor da TopTraders
contato@TopTraders.Com.BR

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

IBOVESPA em ponto chave


Bom dia investidor!

Os bancos chineses liberaram 663,2 bilhões de yuans (US$ 99,88 bilhões) em novos empréstimos em outubro, segundo dados publicados hoje pelo Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês).

O financiamento social total, uma medida mais ampla do crédito na economia chinesa, diminuiu para 1,04 trilhão de yuans em outubro, de 1,82 trilhão de yuans no mês anterior, que havia sido o maior volume desde março.

Já a base monetária da China (M2) teve aumento anual de 8,8% em outubro, após subir 9,2% em setembro. Analistas esperavam que o resultado do mês passado fosse igual ao de setembro. 

A agenda da semana traz como destaque a reforma tributária de Trump, que deve ser votada esta semana no plenário da Câmara dos Representantes. E, na quarta-feira, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu fazer um "grande anúncio" na área de comércio. Nas bolsas internacionais predomina o sinal negativo, em meio a dúvidas sobre a capacidade de Trump de conseguir apoio a essa reforma.

A alta do euro em relação ao dólar vista em cinco meses se deu principalmente com a perspectiva de que as condições econômicas da zona do euro serão melhores do que as previstas para os Estados Unidos, de acordo com o documento "Projeção econômica regional: Europa", divulgado hoje pelo Fundo Monetário Internacional (FMI). "O euro se apreciou consideravelmente contra o dólar americano nos últimos meses (cerca de 11% de abril a 30 de setembro de 2017). Do ponto de vista político, é importante conhecer os fatores por trás do rali do euro", avaliou a entidade no relatório.

Além das projeções econômicas, a instituição salienta que também pesa sobre a definição da cotação uma política monetária apertada que eleva taxas de juros na zona do euro em relação aos Estados Unidos. O documento cita também que os preços das ações e as taxas de rentabilidade dos títulos do Tesouro americano tendem a diminuir após um choque importante.

Os mercados locais devem seguir atentos nesta semana na articulação do presidente Michel Temer para tentar a aprovação da reforma da Previdência ainda este ano. Antes, porém, Temer deve fazer a reforma ministerial para garantir o apoio para a reforma, o que deve ocorrer nos próximos 15 dias. Com isso o Centrão deve ganhar mais espaço no governo e o PSDB deve perder dois dos quatro ministérios que ocupa atualmente.

No fim de semana, o senador Aécio Neves disse que o PSDB vai "sair do governo pela porta da frente". Ontem o presidente se reuniu com os ministros da Secretaria-Geral, Wellington Moreira Franco, e da Casa Civil, Eliseu Padilha, para discutir as chances de aprovação da reforma da Previdência. "

A temporada de balanços segue a todo vapor.

Os destaques hoje são os balanços da Petrobras, Eletrobras e JBS, após o fechamento dos mercados.

O governador Geraldo Alckmin foi ovacionado ontem como pré-candidato ao Palácio do Planalto por militantes e dirigentes tucanos durante a convenção paulista do PSDB. Em meio à disputa pelo comando nacional da legenda, pela primeira vez ele mudou o tom e já não descarta mais a possibilidade de assumir a sigla. Aos correligionários e lideranças de cinco partidos aliados, Alckmin fez um discurso de campanha para destacar a necessidade de união dos integrantes de sua legenda.

O petróleo opera sem direção.

Na ICE, o Brent opera a US$ 63,35 e na Nymex, o WTI alcança US$ 56,70.

Cobre tem alta de 0,29%, na Comex.

Minério de ferro subiu 1,09% na bolsa de Dalian, na China.

O Ibovespa acumula semanas seguidas de queda.


IBOVESPA semanal - clique para ampliar

Perdeu o fundo anterior em 73.125 e de queba a mínima mais recente em 72.386.

Se o mercado pesar, poderá descer a até a retração de 61,8% de Fibonacci (71.260).

Em caso de repique, o próprio 72.286 seguido por 73.125 serão resistências, sendo a segunda região de resistência decisiva para uma possível retomada da alta.


Bons negócios!

Wagner Caetano, para o Cartezyan

Diretor da TopTraders
contato@TopTraders.Com.BR

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Ibovespa no fio da navalha e inflação de outubro


Bom dia investidor!

IPCA de outubro é a notícia do dia



***

Novas preocupações sobre o avanço da reforma tributária nos EUA pressionam os negócios das bolsas europeias nesta manhã. Também no radar de investidores na Europa, contudo, estão balanços corporativos e indicadores macroeconômicos locais.

Incertezas sobre a capacidade do presidente Donald Trump de aprovar mudanças na legislação tributária ressurgiram ontem, após republicanos do Senado apresentarem um plano tributário diferente do que havia sido anunciado na semana passada por deputados republicanos. Pela proposta dos senadores, o muito aguardado corte nos impostos de empresas ficaria só para 2019.

Diante da perspectiva de que os EUA demorem mais para reduzir impostos, ficaram em segundo plano notícias positivas da economia britânica e da temporada de balanços.

O IPCA de outubro deve ajudar a guiar o mercado de juros nesta sexta-feira, mas a movimentação do governo pela reforma da Previdência segue no radar. Clique na tabela para ampliar.

A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou outubro com alta de 0,42% ante um avanço de 0,16% em setembro, informou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A taxa acumulada pela inflação no ano foi de 2,21%. No acumulado em 12 meses, o IPCA foi de 2,70%.

No exterior o dólar tem sinais mistos, tendo como pano de fundo a preocupação com a reforma tributária dos Estados Unidos. Ontem as taxas fecharam em queda, especialmente as mais longas, diante do esforço do Planalto para garantir que a reforma seja aprovada ainda este ano na Câmara.

A estratégia do governo para tentar aprovar a reforma da Previdência é permitir a exclusão de mudanças que podem ser encaminhadas depois, por meio de projetos de lei ou medidas provisórias, que precisam de quórum menos qualificado do que as mudanças constitucionais para serem aprovados.

O investidor também deve ponderar sobre o impacto que o racha dentro do PSDB pode gerar para a aprovação da reforma da Previdência e nas eleições de 2018, após ontem o senador Aécio Neves (MG) ter decidido destituir ontem o senador Tasso Jereissati (CE) da presidência interina do partido.

Cobre e petróleo operam de lado.

Minério de ferro cedeu 1,39% na China, na bolsa de Dalian.


O Ibovespa tem uma verdadeira briga de foice entre ursos e touros.

Ontem cedeu no período da tarde e fechou levemente abaixo da importante região de suporte entre 73.093 e 73.125, que deverá usada como referência pelos investidores. Clique no gráfico para ampliar.

Dentro do contexto externo e interno, o cenário mais provável, na minha visão pessoal, seria de uma abertura em leve baixa ou lateral, seguida de recuperação ao longo do dia.



Bons negócios!


Wagner Caetano, para o Cartezyan

Diretor da TopTraders
contato@TopTraders.Com.BR

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Mercado encurrala os vendidos na etapa final


Bom dia investidor!

Movimento forte do Índice Bovespa no final do dia de ontem. >>> LEIA MAIS >>



O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da China subiu 1,9% em outubro ante o mesmo mês do ano anterior, de acordo com dados divulgados hoje pelo Escritório Nacional de Estatísticas do país. Em setembro, o CPI havia subido 1,6%.

Na comparação com setembro, o CPI subiu 0,1% em outubro.

Os preços de alimentos recuaram 0,4% em outubro ante o ano anterior, ante uma queda de 1,4% em setembro. Esse é o nono mês seguido de recuo dos preços de alimentos.

Excluindo os alimentos, o índice de preços subiu 2,4% em outubro ante o mesmo período de 2016. Em setembro deste ano, também foi verificado um avanço de 2,4%. 

O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da China avançou 6,9% em outubro ante o mesmo mês do ano passado, de acordo com o Escritório Nacional de Estatísticas do país.

O número superou estimativa de economistas consultados pelo Wall Street Journal, que esperavam avanço de 6,6%.

Já na comparação mensal, o PPI subiu 0,7% em outubro ante setembro.

A Alemanha teve superávit comercial de 21,8 bilhões de euros (US$ 25,3 bilhões) em setembro, marginalmente maior que o saldo positivo de 21,3 bilhões de euros de agosto, segundo dados com ajustes sazonais publicados hoje pela agência de estatísticas do país, a Destatis. 

As exportações alemãs caíram 0,4% em setembro ante agosto, enquanto as importações recuaram 1%. Na comparação anual, que desconsidera fatores sazonais, as exportações tiveram alta de 4,6% em setembro as importações cresceram 5,5%.

Ainda em setembro, a Alemanha registrou superávit em conta corrente de 25,4 bilhões de euros, um pouco maior que o saldo positivo previsto pelo mercado, de 25 bilhões de euros, informou a Destatis. 

Banco do Brasil encerra hoje a temporada de divulgação de resultados dos grandes bancos do terceiro trimestre ao entregar lucro líquido ajustado de R$ 2,708 bilhões no período, elevação de 15,9% em um ano, quando estava em R$ 2,337 bilhões. Em relação ao segundo trimestre, de R$ 2,649 bilhões, a alta foi de 2,2%.

O resultado do terceiro trimestre do BB foi motivado, conforme destaca a instituição em relatório que acompanha suas demonstrações financeiras, por maiores receitas de serviços e ainda menores despesas com provisões para devedores duvidosos e também menos gastos operacionais.

Nos primeiros nove meses do ano, o banco atingiu lucro líquido ajustado de R$ 7,872 bilhões, desempenho 45,1% superior a igual período do ano passado, quando o Banco havia registrado lucro líquido ajustado de R$ 5,424 bilhões. O crescimento neste ciclo foi motivado pelo aumento das rendas de tarifas, redução das despesas de provisão e das despesas administrativas.

Com o objetivo de defender a necessidade de aprovar, ainda neste ano, a reforma da Previdência, mesmo que com propostas mais modestas do que as pretendidas anteriormente pelo governo, o presidente Michel Temer confirmou presença no café da manhã desta quinta-feira (9), agendado pelo presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), com os líderes dos partidos da base aliada, para discutir as mudanças que podem ser fruto de consenso.

Temer decidiu incluir a aprovação da reforma na nova agenda positiva que pretende lançar nesta quinta-feira, com o programa Avançar. A ideia do governo é focar principalmente em dois pontos da reforma: idade mínima e equiparação do valor máximo de aposentadoria de servidores públicos com os dos trabalhadores da iniciativa privada.

Só que, para conseguir a aprovação da reforma, Temer terá de enfrentar mais uma investida da base aliada, principalmente do Centrão, que quer ampliar seu espaço na Esplanada dos Ministérios, depois de ajudar a barrar, na Câmara, a segunda denúncia contra o presidente.

Metais operam em baixa moderada em Londres.

Petróleo opera estável, perto das máximas em dois anos: US$ 56,99 (Nymex) e US$ 63,74 (ICE).

Minério de ferro cedeu 1,18% em Dalian, na China.

O Ibovespa fez um movimento agressivo e pegou os vendidos de surpresa na reta final do pregão de ontem.

Para a abertura dessa quinta-feira, é natural que tenhamos baixa, corrigindo parte da puxada rápida que vimos nos últimos negócios da véspera.

Desde que o benchmark permaneça acima da região compreendida entre 73.093 e 73.125 nos próximos dias, teremos um rompimento falso do fundo de setembro.

O suporte mais próximo dos preços é a média móvel de 5 períodos e ela deverá ser testada logo na abertura.


Bons negócios!


Wagner Caetano, para o Cartezyan

Diretor da TopTraders
contato@TopTraders.Com.BR

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Temer e China no radar



Bom dia investidor!

O nível de 73.100 será um divisor de águas. Leia mais ao final.


Clique no gráfico para ampliar

Os contratos do cobre operam em leve queda nesta sessão, seguindo movimento de realização de lucros do dia anterior, após uma forte alta ter sido causada pelas boas perspectivas para os metais em um evento do setor. Além disso, investidores digerem os dados da balança comercial da China divulgada hoje.

Às 9h45 (de Brasília), o cobre na London Metal Exchange, LME, caía 0,15%, a US$ 6.818,50 a tonelada, enquanto o metal para dezembro na Comex, em Nova York tinha queda de 0,21$, a US$ 3.0830,00 a libra-peso.

Em outubro, as exportações chinesas em yuans subiram 6,1% na comparação anual, segundo dados oficiais, menos que o avanço de 7% previsto por analistas. Por outro lado, as importações da China em yuans cresceram 17,2% no confronto anual, superando a previsão de aumento de 16,3%.

Já o superávit comercial da China subiu para US$ 38,2 bilhões em outubro, de US$ 28,5 bilhões em setembro, mas ficou abaixo da projeção do mercado, de US$ 40 bilhões.

Apenas com os EUA, o superávit comercial chinês recuou para US$ 26,62 bilhões no mês passado, após atingir o recorde de US$ 28,08 bilhões em setembro. O número de outubro, porém, marcou o quinto mês consecutivo em que o superávit da China com os EUA ultrapassou US$ 25 bilhões.

Entre outros metais básicos na LME, o zinco tinha alta de 0,41%, a US$ 3.176 a tonelada, o alumínio caía 0,35%, a US$ 2.127.50 a tonelada, o estanho perdia 0,03%, a US$ 19.475,00 a tonelada, o níquel recuava 0,63%, a US$ 12.580 por tonelada e o chumbo tinha alta de 0,28%, a US$ 2.503,00 a tonelada. 

O Estado de São Paulo, maior parque industrial do País, registrou crescimento de 1,3% na indústria local na passagem de agosto para setembro, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional, divulgados há pouco pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A média da indústria nacional subiu 0,2% em setembro ante agosto, com avanços em seis dos 14 locais pesquisados. Além de São Paulo, os demais resultados positivos ocorreram no Rio de Janeiro (8,7%), Goiás (2,1%), Pará (2,0%), Paraná (0,2%) e Santa Catarina (0,2%).

As demais taxas negativas foram registradas por Ceará (-1,1%), Amazonas (-1,1%), Bahia (-1,1%), Rio Grande do Sul (-1,0%) e Minas Gerais (-0,4%). 

Na direção oposta, houve perdas acentuadas no Espírito Santo (-3,0%), Pernambuco (-2,5%) e Região Nordeste (-2,0%). A indústria capixaba devolveu parte da expansão de 6,7% observada no mês anterior, enquanto a pernambucana eliminou o avanço de 2,2% verificado em agosto. A Região Nordeste voltou a recuar após acumular um ganho de 3,1% nos meses julho e agosto.

O presidente da República, Michel Temer, disse nesta terça-feira que o governo "cumpriu seu dever" ao propor uma reforma da Previdência ao Congresso e que o texto enviado corta privilégios. A mensagem foi gravada em vídeo e distribuída nas redes sociais do presidente, um dia depois de Temer admitir pela primeira vez a possibilidade de uma derrota na votação da reforma no Congresso.

"O governo cumpriu o seu dever, remeteu ao Congresso Nacional a reforma da Previdência", disse Temer. "Quero transmitir minha a ideia de que toda a minha energia está voltada para concluir a reforma da Previdência."

O Ibovespa teve a maior queda desde a quinta-feira negra no pregão de ontem, deixando um marobuzu no gráfico diário.

A sessão de hoje será decisiva para o curto prazo, uma vez que uma força compradora capaz de romper 73.125 poderia gerar euforia nos próximos dias, sinalizando rompimento falso dessa região.

Por outro lado, o candle de ontem é expressivo e acompanhado de volume.

Enquanto abaixo de 73.093 temos um pivot de baixa.

Como a distância em relação à média e relevante, as chances de uma sessão positiva são maiores.


Bons negócios!

Wagner Caetano, para o Cartezyan

Diretor da TopTraders
contato@TopTraders.Com.BR